Missão

Acreditamos que o brincar pode se tornar um aliado para o desenvolvimento social e econômico em todas as comunidades. Com esse objetivo, estamos estimulando pais e cuidadores a valorizar e reivindicar o acesso ao brincar para seus filhos, ao mesmo tempo em que formamos defensores políticos da causa para alavancar a aprendizagem lúdica em grande escala.

Ao apoiar e criar oportunidades para experiências do brincar para crianças ao redor do mundo, podemos contribuir para seu aprendizado, desenvolvimento integral e bem-estar.

Desejamos que todos – pais, cuidadores, governos, organizações da sociedade civil, empresas e comunidades – possam ajudar as crianças a se desenvolver em casa, na escola e na sociedade.

Nossa missão é cultivar um movimento pelo brincar! Junte-se a nós!

Onde atuamos

BrasilColômbiaRuandaÁfrica do SulBrevemente em 2022

Nossa história

Quando as crianças brincam, elas estão alimentando sua imaginação, formando amizades, se tornando mais fortes e descobrindo suas próprias maneiras de resolver e encarar os problemas que encontram pelo caminho. Estão aprendendo, crescendo e florescendo no momento presente, enquanto adquirem habilidades que vão torná-las adultos resilientes, bem-sucedidos e felizes no futuro.

Desde 2019, nossa missão é fazer com que as pessoas valorizem o brincar como um pilar do desenvolvimento infantil. Estimulamos pais e famílias a identificar os benefícios do brincar, a dedicar mais tempo para brincar com as crianças e, então, demandar mais tempo e espaço para brincadeiras em suas casas, comunidades, e em sala de aula. Desenvolvemos ferramentas e experiências específicas para cada país, que forneceram uma plataforma para que governos locais promovessem a aprendizagem lúdica. E reunimos um grande número de organizações para incluir a brincadeira como parte de seus programas e iniciativas, levando o brincar para uma quantidade maior e mais diversa de crianças.

Por que agora?

O mundo sofreu mudanças dramáticas devido à COVID-19, e nunca antes o desenvolvimento e aprendizagem das crianças foi tão importante. Pais, professores, sistemas e governos devem repensar as maneiras como as crianças aprendem – e brincam – sob essas circunstâncias em constante transformação. 

Estamos animados para seguir explorando não apenas soluções imediatas para ajudar pais e cuidadores a priorizar o brincar para o desenvolvimento das crianças, mas também trabalhando com escolas e tomadores de decisão para mudar nossos sistemas educacionais e comunidades para melhor, para que sejam mais criativos, inovadores e holísticos.

Nosso impacto

Trabalhamos no Brasil e na Colômbia desde 2020, estamos começando o trabalho em Ruanda e vamos expandir para a África do Sul em 2022.

Durante 2020:

  • Atingimos mais de 5,5 milhões de pessoas e engajamos 3,5 milhões de pessoas.
  • Levamos mais de 57 mil pessoas a se envolver em experiências do brincar.
  • O Ministério da Educação da Colômbia acrescentou atividades de aprendizagem lúdica à plataforma nacional de ensino remoto.
  • Formadores de opinião, celebridades e influenciadores se manifestaram sobre a importância da aprendizagem lúdica para as crianças.

Os estudos de caso podem ser encontrados here.

Estudos de caso

Parque de Farrapos

Levando famílias para brincar durante as férias

Qual era a demanda?

Através de pesquisa e entrevista com diversos parceiros, identificamos uma brecha na comunicação acerca do brincar entre pais, cuidadores e redes de tomadores de decisão: muitos deles não estão cientes da importância do brincar para o desenvolvimento integral das crianças, e aqueles que estão cientes tendem a não se engajar em brincadeiras com as crianças. A despeito de ser um direito garantido por legislações nacionais e internacionais, o brincar não é valorizado em casa nem pela comunidade.

Qual foi nossa solução?

Criamos um parque interativo e itinerante, com atividades que promoviam a importância da aprendizagem lúdica para o desenvolvimento integral de habilidades. Através da experiência no parque, possibilitamos que pais e filhos experimentassem juntos o brincar. O parque fez paradas em diversas praias do Espírito Santo; foi inspirado pela cultura local e era totalmente acessível e inclusivo para todas as pessoas. Depois dos eventos na praia, divulgamos uma série de atividades lúdicas a serem realizadas pelos pais e cuidadores com as crianças após seu retorno da viagem de férias.

Quais foram nossas maiores vitórias?
  • A intervenção contou com o apoio do governo estadual e dos municípios envolvidos, e recebeu apoio de parceiros como Fundação Roberto Marinho, Canal Futura, Rede Brasileira de Aprendizagem Criativa, IPA Brasil, Mais Diferenças e SEBRAE. 
  • A maioria das crianças e cuidadores que participaram das experiências lúdicas foi capaz de reconhecer a ligação entre brincadeira e aprendizado.
Qual foi nosso alcance e engajamento?
  • O parque teve mais de 2.000 visitantes
  • O conteúdo digital em vídeo teve mais de 265 mil visualizações
  • Mais de 125 mil pessoas acessaram o portal com as atividades
  • O parque foi mencionado mais de 30 vezes na mídia

Aprendizagem Criativa em Casa

Introdução de atividades lúdicas simples para famílias realizarem em casa

Qual era a demanda?

Durante a pandemia de COVID-19, as crianças não podiam brincar nas ruas, ir à escola, se divertir em parques ou socializar com amigos. Pais e cuidadores se tornaram, então, responsáveis pela educação, desenvolvimento e diversão das crianças. Houve uma grande necessidade de iniciativas para ajudá-los a vencer esse desafio em casa.

Qual foi nossa solução?

Desenvolvemos e lançamos um website em parceria com a Rede Brasileira de Aprendizagem Criativa, com o objetivo de inspirar nas crianças sentimentos de fluidez, leveza, movimento, alegria e liberdade. As atividades foram adaptadas a partir de experiências lúdicas testadas e que estimulam as crianças a experimentar, criar, jogar, inventar e ser livres para se expressar. Este portal foi um recurso fundamental para pais e cuidadores no início da pandemia, quando eles estavam tendo dificuldade em encontrar atividades para realizar em casa com as crianças ao mesmo tempo em que as ajudavam a continuar o processo de aprendizagem fora da sala de aula.

Quais foram nossas maiores vitórias?
  • O portal se tornou o principal recurso para que nosso parceiro – a Rede Brasileira de Aprendizagem Criativa – se envolvesse com pais e cuidadores para uma aprendizagem lúdica.
Qual foi nosso alcance e engajamento?
  • Atingimos mais de 5 milhões de pessoas em redes sociais 
  • Mais de 718 mil pessoas atingidas através de influenciadores 
  • Alcançamos mais de 317 mil interações em redes sociais
  • O site foi acessado por 388 mil pessoas

Casa Viramundo

Criando tempo para brincar

Qual era a demanda?

Ainda que tenha criado inúmeros desafios para as famílias, a pandemia da COVID-19 também foi uma oportunidade para que se estreitassem os laços entre os pais, cuidadores e as crianças, e para que eles passassem mais tempo juntos. Nosso desafio central era introduzir experiências do brincar em agendas domésticas já cheias.

Qual foi nossa solução?

Lançamos uma campanha de conscientização sobre a importância de se passar tempo de qualidade em família, e para inspirar pais e cuidadores a melhorar a qualidade de suas interações com as crianças, se envolver em atividades lúdicas com elas e participar no desenvolvimento integral de suas habilidades. A campanha incluiu uma websérie de 3 episódios e foi divulgada com uma campanha no TikTok, através de um desafio e de lives promovidas por influenciadores culturais.

Quais foram nossas maiores vitórias?

  • Fechamos uma parceria de distribuição com o TikTok, que incluiu a realização de lives com celebridades e desafios do TikTok, dos quais milhares de pais e cuidadores participaram.
Qual foi nosso alcance e engajamento?
  • A websérie teve mais de 92 mil visualizações 
  • A hashtag do TikTok #BrincarFazCrescer teve 23,6 milhões de visualizações 
  • 3,1 mil pessoas publicaram conteúdo original inspirado pelas criações do desafio do TikTok 
  • As lives com celebridades tiveram mais de 242 mil espectadores individuais

Pesquisa “O Brincar nas Favelas Brasileiras”

Identificando grandes barreiras para o brincar em comunidades desassistidas do Brasil

Qual era a demanda?

A fim de enfrentar as grandes barreiras para a aprendizagem lúdica no Brasil, primeiro se faz necessário entender as dinâmicas familiares, hábitos de lazer e dificuldades para brincar que são enfrentados pelas comunidades vulneráveis no país. Também é necessário reunir evidências acerca destas graves lacunas que possam ser usadas para coordenar ações de incidência política e influenciar os governos a agir.

Qual foi nossa solução?

Conduzimos uma pesquisa participativa (quantitativa e qualitativa) sobre os desafios enfrentados durante a criação de filhos nas favelas brasileiras.

Quais foram nossas maiores vitórias?
  • A pesquisa identificou desafios sérios, tais como a ausência de espaços públicos adequados para brincadeiras em comunidades vulneráveis e falta de tempo para brincar com as crianças, bem como uma sensação de falta de segurança e equipamentos adequados para brincadeiras ao ar livre.
Qual foi nosso alcance e engajamento?
  • Mais de 800 mães de todo o Brasil participaram da pesquisa quantitativa online
  • 12 mães de São Paulo, Recife e Porto Alegre participaram da pesquisa quantitativa

Fale conosco

Unidos pelo Brincar é um movimento financiado pela Fundação LEGO e impulsionado pela Purpose, trabalhando em parceria com aliados e amplificadores em cada país, incluindo ONGs, redes de educação e organizações para desenvolvimento na primeira infância. Para uma lista completa de parceiros, por favor consulte as páginas dedicadas a cada país.